Estamos indo de volta pra casa…

“Mudaram as estações
nada mudou
Mas eu sei que alguma coisa aconteceu
Tá tudo assim, tão diferente…”

Cássia Eller já disse que nada mudou mas ainda assim está tudo diferente! Será que é assim mesmo, ou é apenas fruto da nossa vontade inconcebível de sentir saudade daquilo que fizemos questão de abrir mão!?

de volta pra casa
De volta pra casa ou, não.

Em poucos momentos eu senti tanta saudade de casa como no último domingo. Chovia desde cedo e assim ficou até o cair da tarde. Pensamentos e pessoas me vieram à cabeça, o que estavam fazendo, o que eu estaria fazendo.

Pude perceber finalmente o significado de “lar”, não de casa, mas lar. Pessoas e coisas que te fazem querer nunca sair dali, porém, só se sabe realmente o que quer dizer quando se abre mão dele para ir em busca de algo maior, algo que te complete como pessoa, como profissional e, então, quando se conquista tudo isso, eis que surge a falta do lar!

Esse sentimento de falta não é ruim, serve para nos tornar mais resistentes e fortes com o passar do tempo, com isso treinamos o nosso desapego, deixamos de certo lado as coisas para trás e continuamos a nossa caminhada rumo a um futuro promissor cheio de desafios e obstáculos ou, apenas, seguimos em frente!

Autor: Rodrigo Azevedo da Costa

Convide-me para um café!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s