O simples que funciona

Muitas vezes nos deparamos com dificuldades e objetivos que de certo modo parecem sem solução ou até mesmo inalcançáveis. Isso se dá pela nossa ansiedade em querer realizar muitas coisas mas sem um foco pré-estabelecido. Por exemplo, temos o desejo de escrever um livro mas, não conseguimos nem nos concentrar para ler uma página de um livro sequer por dia, desejamos ainda, que a corrupção seja extinta mas, somos coniventes com situações erradas em nosso trabalho, nosso bairro e até mesmo na nossa própria casa.

Mahatma Gandhi dizia: “- Seja a mudança que você quer ver no mundo”. Pode parecer óbvio, clichê e, de fato é, mas talvez seja exatamente isso que precisamos fazer, o simples. São nas pequenas coisas do dia a dia que as grandes transformações começam e devemos dar a devida importância a elas.

o simples que funciona
o simples que funciona: faça a diferença

Muitas oportunidades nos são dadas para melhorar enquanto pessoas. Podemos ensinar aos nossos filhos o respeito e obediência para com os mais velhos, ensiná-los a jogar o lixo no local adequado. Em conversas com pessoas que tem um pensamento diferente do nosso, podemos ouvir mais e compreendê-las. No trânsito ao voltar para casa podemos dar a vez para um motorista mais apressado em vez de xingá-lo e querer tirar satisfação. Tantas brigas e mortes no trânsito poderiam ter sido evitadas com essa simples atitude.

Há quem pense: “- Que diferença faz”, “- Isso não é responsabilidade minha” ou, “- Eu não tô nem ai”. Sempre é bom lembrar que um incêndio começa com uma simples faísca. Para a construção da bomba atômica apenas um átomo foi modificado. Um átomo foi modificado e sua explosão foi gigantesca a ponto de definir a lado vitorioso em uma guerra mundial. Uma mudança de atitude por menor que seja (do tamanho de um átomo ou grão de mostarda) tem potencial de proporcionar melhorias ou prejuízos em diversos aspectos e em proporções inimagináveis. Prevenir é mais barato do que corrigir, só cabe a nós decidir qual preço vamos pagar.

Autor: Rodrigo Azevedo da Costa

Convide-me para um café!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s