Combustível

O que de fato nos move? Qual é o combustível que faz nossa vida ser a nossa vida? Aquela que só pertence a nós mesmos? Precisamos saber responder a essas perguntas, não apenas pelo simples motivo do autoconhecimento e sim, apenas por isso!

Combustível: o que te move?
Combustível: o que te move?

Responder com convicção é suficiente para delimitar os objetivos e necessidades da nossa vida que cada vez mais está com um aspecto de competição, percebem? Lutamos para ter os melhores empregos, morar nas melhores casas, vestir as roupas mais caras, comprar o carro do ano… Entenda, não há nada de errado nisso mas, precisamos ter em mente o motivo que nos levou a tomar tal decisão.

Quando não sabemos o que nos satisfaz, compensamos essa falta por outras coisas não tão importantes, nos enrolamos em dívidas que não podemos pagar, compromissos desagradáveis, pessoas com as quais não queremos estar. Nesse meio tempo, esquecemos de ser pessoas melhores, pais mais presentes, filhos mais atenciosos, profissionais mais dedicados…

O autoconhecimento está para a nossa vida assim com o combustível está para o carro. Sem combustível o carro não anda, com combustível adulterado o desempenho fica prejudicado e, com um bom combustível é possível até mesmo rodar um pouco mais e, mesmo existindo vários tipos de combustíveis não são todos que nos favorecem. Quando nos conhecemos de fato, sabemos exatamente o que queremos fazer, onde queremos chegar e o que precisamos fazer para isso. Não é qualquer caminho que nos leva à felicidade a menos que você não saiba o que quer, se for esse o caso, qualquer caminho serve.

Eventualmente, o nosso combustível precisa ser trocado não há nada de errado nisso, porém, precisamos estar prontos para quando isso acontecer. Esse processo pode ser difícil de aceitar já que toda mudança traz uma série de desafios e novidades que nos obrigarão a mudar nossa forma de agir, pensar e ser. O importante é entender que esse processo é necessário para o nosso crescimento pessoal e o maior beneficiado com todo esse processo somos nós mesmos

Autor: Rodrigo Azevedo da Costa

Convide-me para um café!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s