Risco

Quando ouvimos a palavra risco, de imediato, associamos a alguma coisa ruim. Por exemplo, risco de ser assaltado, risco de morte, risco de perder dinheiro, etc. Por definição, o significado da palavra risco está ligado à probabilidade de alguma coisa acontecer, seja ela boa ou ruim. Nós que por algum motivo de autopreservação, medo do desconhecido ou, medo de errar, relacionamos apenas a perigo iminente, ameça.

Arrisque-se e terás a chance de ganhar!

Essa ideia é totalmente aceitável uma vez que o desconhecido nos desperta o cuidado, faz com que redobremos nossa atenção para situações em apresentem algum tipo de risco, como andar por uma rua desconhecida à noite. Embora em outros momentos, nos arriscamos em situações nas quais o risco também está presente, como ir para uma balada, beber apenas duas cervejas e, em seguida, dirigir. São situações diferentes que envolvem risco, porém, temos comportamentos diferentes, por que será!?

Dando ênfase ao significado da palavra, podemos simplesmente associar risco às chances que nos aparecem quando nos dispomos a fazer além do que podemos. Quais são as chances que temos de ficar rico? Se apostarmos na mega sena é de 1 em 50 milhões. Se você nunca jogou, suas chances são 100% menor do que alguém que joga, ou seja, se não fizermos nada para nos expormos às chances que nos aparecem, diminuímos nossas probabilidades de obter sucesso.

E assim acontece em qualquer aspecto de nossas vidas, no trabalho, nos projetos que não realizamos, nos sonhos que deixamos anotados em algum pedaço de papel, nas relações que mereciam mais de nós. Quando não fazemos o que é preciso para chegar onde desejamos, corremos o risco de conseguir justamente isso, nada. Mas existe também a possibilidade de tudo dar certo.

Assumir riscos nos permite descartar alternativas que estão em nossa mente e que de alguma forma seriam oportunidades perdidas se nada fizéssemos. Correr riscos significa entrar no jogo e estar disposto a perder um pouco para obter um ganho muito maior, nada vem de graça e é preciso estar disposto a sentir medo, assumir riscos, perder e tentar novamente para alcançar nossos objetivos.

“É necessário correr riscos, seguir alguns caminhos e abandonar outros. Ninguém é capaz de escolher sem medo”

Paulo coelho

Autor: Rodrigo Azevedo da Costa

Convide-me para um café!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s