Disciplina mental

O psicológico humano interfere em nosso desenvolvimento mais do que possamos imaginar. Situações diversas, tais como: medo de tomar uma atitude que julgávamos ser a melhor em determinado momento, aquela falta de vontade perante os novos desafios, ainda ou, o fato de não sabermos lidar com problemas pequenos (aos olhos dos demais) mas que nos afetam de alguma maneira, têm em comum o aspecto psicológico.

Continuar é um risco, desistir é a certeza do fracasso.

Diante dessas e outras situações, destacam-se àqueles que dominam o seu lado mais complexo, e é isso que diferencia uma pessoa bem-sucedida daquela que apenas quer ser. O impacto que desejamos ter em nossas vidas está ligado diretamente à vontade de querer fazer dar certo e no empenho empregado. Todo o resto é consequência.

Se queremos algo, precisamos nos dedicar o quanto for necessário para alcançar nosso objetivo, em qualquer aspecto de nossas vidas. O resultado só vem após um longo período de dedicação, esforço, estudo, aprendizado, disciplina, testes e mais testes, erros, quedas, acertos, melhoria, mudança de comportamento, e por aí vai. Quem está disposto a passar por um cansaço psicológico desse tamanho para chegar onde quer? É mais cômodo ficar em paz, não é verdade?

Muitas pessoas permanecem no erro durante longos períodos e quando tentam algo novo e não obtém àquilo que desejam de imediato, logo se frustram, preferem desistir e continuar a fazer o que sempre fazem esperando resultados diferentes. O gatilho que precisamos mudar está relacionado à disciplina do lado psicológico para criarmos rotinas que nos façam progredir, um pouco de cada vez.

“Continuar é um risco, desistir é a certeza do fracasso…”

autor desconhecido

O primeiro e maior beneficiado pelo desgaste psicológico sofrido será a própria pessoa que o praticou/sofreu, depois os que estão os mais próximos. Não é fácil, afinal, o imediatismo faz com que fiquemos desconfortáveis em situações de cansaço psicológico, mas todo esse esforço é necessário para que o crescimento ocorra de maneira gradual e saudável a fim de potencializar o que se deseja alcançar.

Autor: Rodrigo Azevedo da Costa

Convide-me para um café!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s