Quebrar a banca

Quebrar a banca é uma expressão utilizada por aqueles que fazem day trade e significa perder todo o dinheiro reservado para esse tipo de operação. Existem alguns motivos que levam uma pessoa a perder tudo o que tem fazendo isso: falta de gerenciamento das operações, não respeitar o limite de perda diária, cometer os mesmos erros dia após dia, falta de controle emocional, falta de estudo prévio, não seguir o plano de trade definido e, por ai vai. Saber identificar a causa é importante para se buscar a evolução enquanto trader.

Não deve ser uma sensação muito boa perder tudo aquilo que se tem, mas quando isso acontece a pessoa tem duas alternativas – quase tudo na vida se resume a duas alternativas – desistir ou, aprender com os erros. Pode parecer uma decisão óbvia pra muita gente optar por tentar novamente, mas o aprendizado e paciência necessária estão cada vez mais escassos hoje em dia. Estamos nos tornando imediatistas a ponto de não termos respeito nem mesmo com nossas próprias limitações e velocidade que cada pessoa tem para aprender alguma coisa.

Desistir após uma perda é uma opção, só que talvez não seja a melhor!

Em nossas vidas, quando passamos por alguma “perda total” – financeira, relacionamento, profissional – precisamos avaliar o que realmente aconteceu para que tenhamos o discernimento adequado para tomar a melhor decisão. Às vezes, o excesso de competição e comparação nos leva a caminhos que não queremos e não se encaixam em nosso perfil comportamental. Acabamos levando em consideração tanto a opinião dos outros sobre a nossa que nos vemos presos em uma situação que nunca temos o devido controle.

As perdas acontecem querendo ou não, só o que podemos fazer é utilizá-las para aprendizado. Não adianta perder tempo com coisas que não interessam, isso pode fazer com que deixemos de descobrir algo interessante sobre nós e sobre aquilo que realmente queremos. A perda traz vários sentimentos consigo que nos impedem de progredir causando dúvidas e medo diante de outras situações importantes que nada tem a ver com o que passou. A redenção é possível para aqueles que se dedicam!

Perder-se também é caminho

clarice lispector

Não somos ensinados a saber perder, desde criança ouvimos que temos que fazer certas coisas para ganharmos na vida, mas até lá, perdas aparecerão no meio do caminho. Muitas pessoas dizem: “- Perder não faz parte do meu vocabulário”, mas é mentira. A vida não é uma linha contínua ascendente rumo ao céu, está mais para uma montanha russa, com altos e baixos, sobre os quais todos passamos em momentos diferentes e com percepções diferentes sobre um mesmo ponto.

Autor: Rodrigo Azevedo da Costa

Convide-me para um café!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s